Vistoria no TICEN irá verificar condições de acessibilidade para pessoas com deficiência

Foto: MPC-SC / Divulgação / 2019

O Núcleo de defesa da inclusão (NIDI) fará uma vistoria no Terminal de Integração do Centro (TICEN) na tarde desta segunda-feira (6). A vistoria irá verificar as condições de acessibilidade nas estruturas físicas do terminal e nos ônibus que prestam o serviço de transporte público urbano de Florianópolis.

Aumentar a acessibilidade e a inclusão nos sistemas de mobilidade urbana é prioridade do grupo, formado por órgãos públicos e organizações civis de diversas áreas e setores e liderado pela 30ª Promotoria de Justiça da Capital.

“Hoje será verificada a questão dos equipamentos, de acessibilidade, como o piso podotátil, a existência de elevadores para o embarque e desembarque de pessoas com deficiência nos ônibus, e tudo o que as normas preveem para que um terminal seja considerado acessível”, explica o Promotor de Justiça Daniel Paladino, da 30ª Promotoria de Justiça de Florianópolis, que coordena o NIDI.

O NIDI também irá trabalhar junto com os órgãos da Prefeitura Municipal e do sistema que administra os terminais para que seja providenciado o serviço de atendimento e sinalização com LIBRAS, a Língua Brasileira de Sinais, para o público surdo ou com baixa audição.




  • 0%